A- A A+
LOGIN
Acesso Restrito
Avatar
Não é membro da ANJ?

Associe-se.
E tenha acesso completo ao Portal ANJ

Lembrar minha senha - Lembrar meu usuário

Username
Senha
Remember me
Você está aqui: HomeSala de ImprensaNotíciasNotícias ANJANJ condena assassinato de jornalista em Minas Gerais

ANJ condena assassinato de jornalista em Minas Gerais

NOTA À IMPRENSA

A Associação Nacional de Jornais (ANJ) condena o assassinato do repórter Rodrigo Neto, ocorrido nesta quinta-feira (07/03). Segundo o jornal Vale do Aço, de Ipatinga (MG), o crime ocorreu no momento em que o jornalista entrava em seu automóvel, no bairro Canaã.

Ele foi alvejado com dois disparos de revólver após ser abordado por dois homens em uma motocicleta, usando capacetes. Rodrigo Neto apresentava há vários anos o programa Plantão Policial, na rádio Vanguarda, e havia retornado para o jornalismo impresso, no jornal Vale do Aço, há uma semana.

Recentemente havia recebido ameaças de morte e tinha a convicção de que eram motivadas por sua atividade profissional. 

Diante do ocorrido, a ANJ espera que as autoridades investiguem o caso de forma a apurá-lo devidamente, identifiquem os autores do crime e tomem as providências cabíveis para seu julgamento.

         Brasília, 08 de março de 2.013

         Francisco Mesquita Neto

         Vice Presidente da ANJ

         Responsável pelo Comitê de Liberdade de Expressão

Tags: ipatinga, aço, segundo, automóvel, canaã, bairro, condena, crime, jornalista, vale, jornal, assassinato, (mg), seu