Tânia Alves e Daniela Nogueira e os diretores Arlen Medina Néri, Erick Guimarães e Plinio Bortolotti Tânia Alves e Daniela Nogueira e os diretores Arlen Medina Néri, Erick Guimarães e Plinio Bortolotti /Divulgação

O POVO celebra 90 anos com conteúdos especiais e posse da nova ombudsman

Dia 7 de janeiro de 1928 foi a data de fundação do jornal O POVO e os 90 anos do O POVO podem ser revividos em um material jornalístico especial -  lançado neste domingo, 7 - que se desdobra nos meios impresso e audiovisual e na plataforma online.

As páginas percorrem o tempo, passando pelas sedes e pelas ideias dos presidentes do O POVO. Destaca, ainda, os prêmios recebidos pelas grandes reportagens, marcas da história do Ceará, e as mudanças gráficas pelas quais o jornal já passou e que sinalizam os momentos de inovação que o modernizam ao longo dos anos.

Concepção da capa, contracapa e logotipo

A capa e a contracapa do caderno comemorativo aos 90 anos de existência do O POVO - que circula neste domingo, 7 - passeiam pelas significâncias, pela história e pela projeção de futuro do jornal.

O logotipo dos 90 anos, concebido pelo editor-executivo do Núcleo de Design Editorial, Gil Dicelli, foi construído de duas maneiras distintas, porém complementares. Primeiro, uma peça talhada em relevo na madeira por meio das mãos do artista plástico Carlus Campos. Depois, reproduzido em fotomontagem do designer Robson Pires. Ambos integram a equipe de profissionais da redação do O POVO.

A muiracatiara que recebeu os entalhes de Carlus Campos carrega também a força e a solidez que o jornal mantém ao longo de nove décadas. “Tem a característica de demarcar algo. Como um carimbo”, explica Gil. A concepção da capa foi realizada por Ana Naddaf, diretora-executiva da Redação do O POVO. O trabalho de Carlus, que está no jornal desde 1987, foi executado em seu estúdio. “A madeira muiracatiara é famosa por uma resistência que a faz ser conhecida pela durabilidade”, aponta o artista plástico.

A contracapa, por sua vez, é uma fotomontagem com concepção de Gil e execução de Robson. Os traços modernos dos chips, dos relógios, das calculadoras, dos fios e dos parafusos são usados para representar o logotipo dos 90 anos. “Terminamos (o caderno) com essa imagem tecnológica, mas sabemos que essa tecnologia é infinda. A gente não sabe aonde vai acabar. As possibilidades são infinitas. Você tem esse pensamento elaborado entre essas duas matrizes: o início e o fim. E tudo que acontece nesse espaço. Mas também é um olhar para a frente. Existem coisas que não vão estar presentes nesse momento. Já é um respiro de que, apesar de ter 90 anos, o jornal não está parado. É um jornal que se atualiza, que acompanha as mudanças, que repensa o jornalismo”, diz Gil Dicelli.

O logotipo dos 90 anos do jornal tem o sinal gráfico de pontuação “vírgula” e o famoso “O” do O POVO, marca que ficou enraizada na memória dos cearenses ao longo das últimas nove décadas. “Depois da vírgula, a história continua”, lembra Gil Dicelli.

WEBDOC
O POVO – 90 anos de história
https://www.opovo.com.br/videos/noticias/2018/01/o-povo-90-anos-de-historia.html

O webdocumentário especial produzido em homenagem aos 90 anos do O POVO mostra a polifonia que caracteriza o público, ao mesmo tempo em que revela a amplitude de plataformas de comunicação em que O POVO atua.

AUDIOVISUAL
Um passeio por 90 anos de história no O POVO
https://www.opovo.com.br/videos/noticias/2018/01/um-passeio-por-90-anos-de-noticia-no-o-povo.html

Em 90 anos, O POVO levou as mais diversas notícias aos seus leitores. Da chegada do homem à Lua à morte do padre Cícero, da caçada ao bando de Lampião ao gol mil do Pelé. Neste especial, uma linha do tempo mostra 90 assuntos que passaram pelas páginas do O POVO de 1928 até hoje. Uma animação traz os temas com áudios e músicas de cada época.

ESPECIAL
https://especiais.opovo.com.br/90anos/

Todo o conteúdo do especial está disponível no O POVO Online.

O POVO estreia 25º ombudsman

A jornalista Daniela Nogueira assume como ombudsman pela segunda vez. A primeira foi em 2014, também ano de eleições e Copa do Mundo.

Ela assume no lugar da jornalista Tânia Alves, que, após três anos na função, retornará às suas atividades na redação do jornal.

A solenidade de posse marcou oficialmente a primeira de uma série de comemorações dos 90 anos de fundação do jornal O POVO.

São 25 anos da função exercida no O POVO.  No total, 15 jornalistas ocuparam a função. Para 2018, entra em vigor novo regimento, que amplia suas atribuições.