Bate-papo com colunistas e visita ao parque gráfico fizeram parte da programação especial Bate-papo com colunistas e visita ao parque gráfico fizeram parte da programação especial

Zero Hora comemora aniversário ao lado dos leitores

Dentro das comemorações do aniversário de Zero Hora, que completa 54 anos nesta sexta-feira (4), o jornal homenageou um dos protagonistas de sua história: o leitor. Um grupo de 15 assinantes foi recebido por executivos e colunistas para conhecer as redações e o parque gráfico. A seleção ocorreu entre os que se inscreveram para o encontro, com prioridade para aqueles com assinatura mais antiga do jornal.

– É muito bom conhecê-los, saber o que pensam, ouvir suas críticas e sugestões. Esse grupo representa milhares de assinantes – comentou a diretora de Jornalismo de Rádio e Jornal, Marta Gleich.

Idealizadora da visita, ocorrida na quinta-feira (3), Marta diz que foram centenas de pedidos, mas não seria possível receber todos. Novos grupos deverão ser contemplados em outras ocasiões.

A tarde teve início com um bate-papo com os colunistas Tulio Milman e Rosane de Oliveira, que responderam perguntas sobre os bastidores da produção da notícia, a busca pelas melhores fontes e a forma de trabalhar a informação.

 A isenção e o equilíbrio foram destacados pelo funcionário público aposentado Valci Ramos, assinante há mais de 20 anos:

– Estamos em um momento de intolerância muito grande. É muito importante que o jornal transmita equilíbrio e segurança. A Zero Hora tem jornalistas de grande qualidade, de excelência mundial – observou Valci.

Ao descrever sua rotina de trabalho, Tulio Milman lembrou que a atividade jornalística é cercada de certa mística, mas o trabalho de busca pela informação é árduo, sobretudo em meio à disseminação das chamadas fake news. Já Rosane de Oliveira lembrou que a coluna de Política é uma das mais lidas. Ela foi questionada sobre as próximas eleições e a cobertura que o Grupo RBS fará – e adiantou que a integração entre diversos canais será a tônica deste ano.

O grupo de visitantes seguiu, após o bate-papo, para uma visita às redações das rádios e dos jornais e ao parque gráfico, localizado na zona norte de Porto Alegre.