Médico bilionário compra jornal Los Angeles Times por US$ 500 milhões

Médico bilionário compra jornal Los Angeles Times por US$ 500 milhões

O jornal norte-americano Los Angeles Times, de 136 anos, foi vendido nesta quarta-feira (8) para o bilionário da biotecnologia Patrick Soon-Shiong pelo grupo editorial Tronc, por US$ 500 milhões, depois de meses tumultuados no jornal. A transação, paga em dinheiro, inclui também o San Diego Union-Tribune e diversos jornais regionais menores.

O valor da aquisição equivale a oito vezes a receita do jornal antes dos juros, impostos, depreciação e amortização, que foi de US$ 73 milhões nos 12 meses até setembro de 2017. O novo proprietário assumirá um passivo de aposentadoria da ordem de US$ 90 milhões.

"Planejamos manter a tradição de jornalismo premiado que os repórteres e editores do Los Angeles Times, San Diego Union-Tribune e outros títulos do California News Group praticam", disse Soon-Shiong, um cirurgião nascido na África do Sul que fez fortuna com um medicamento de combate ao câncer.

A Tronc, cujos títulos restantes incluem o Chicago Tribune e o New York Daily News, afirmou que usará o dinheiro para amortizar dívidas, reduzir o passivo de pensões e realizar aquisições no segmento digital. 

"Teremos um balanço versátil que nos permitirá maior agressividade na execução de nossa estratégia para crescimento, como protagonistas do setor de notícias e mídia. Temos oportunidades robustas à nossa frente, e fusões e aquisições continuarão a ser parte significativa de nosso futuro", disse Justin Dearborn, presidente-executivo da Tronc.

Turbulência

Soon-Shiong, que é um dos maiores acionistas da Tronc, assume a publicação em um momento de agitação no jornal. Anos de cortes de pessoal e de despesas foram agravados por complicações na liderança e tensões entre a redação e o lado executivo, desde que Michael Ferro, empresário do setor de tecnologia e antigo dono do jornal Chicago Sun-Times, se tornou o presidente do conselho e maior acionista da Tronc, em 2016.

Os principais editores e o publisher do Los Angeles Times foram tirados no passado. Em janeiro, o mais recente editor chefe do jornal foi substituído, e a redação votou em favor da sindicalização.

No entanto, o Los Angeles Times é o sexto maior jornal dos Estados Unidos em circulação impressa e tem 431 mil assinantes, de acordo com o Audit Bureau of Circulation. Está entre os maiores provedores de notícia na internet, com 31,6 visitantes únicos em dezembro, segundo a ComScore.

Leia mais em:

https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2018/02/bilionario-da-biotecnologia-vai-comprar-o-los-angeles-times.shtml

https://oglobo.globo.com/economia/los-angeles-times-vendido-por-us-500-milhoes-medico-bilionario-22374051

http://www.niemanlab.org/2018/02/newsonomics-inside-troncs-sale-of-the-l-a-times-and-all-the-new-questions-to-come/