Código de Ética e Autorregulamentação

Os jornais afiliados à ANJ – Associação Nacional de Jornais, comprometem-se a cumprir os seguintes preceitos:

    •    Manter sua independência.

    •    Sustentar a liberdade de expressão, o funcionamento sem restrições da imprensa e o livre exercício da profissão.

    •    Apurar e publicar a verdade dos fatos de interesse público, não admitindo que sobre eles prevaleçam quaisquer interesses.

    •    Defender os direitos do ser humano, os valores da democracia representativa e a livre iniciativa.

    •    Assegurar o acesso de seus leitores às diferentes versões dos fatos e às diversas tendências de opinião da sociedade.

    •    Garantir a publicação de contestações objetivas das pessoas ou organizações acusadas, em suas páginas, de atos ilícitos ou comportamentos condenáveis.

    •    Preservar o sigilo de suas fontes.

    •    Respeitar o direito de cada indivíduo à sua privacidade, salvo quando esse direito constituir obstáculo à informação de interesse público.

    •    Diferenciar, de forma identificável pelos leitores, material editorial e material publicitário.

    •    Corrigir erros que tenham sido cometidos em suas edições.


Parágrafo único. As associadas deverão adotar, de forma transparente, mecanismos e critérios próprios de autorregulamentação, e que sejam de conhecimento do seu público leitor.