Criado em 1993 inicialmente como uma seção, o caderno semanal voltado para a audiência feminina do jornal gaúcho Zero Hora (Grupo RBS), Donna, foi pioneiro ao se antecipar a três dos principais conceitos da era digital que se avizinhava: conteúdo, comunidade e comércio. Em 2016, a revista consolidou essa prática e, a partir de diferenciadas ações de branded content, forte identificação com o público, eventos e iniciativas em múltiplas plataformas, elevou receitas e audiência.

Publicado em Jornal ANJ Online

Desde junho, a Gazeta do Povo, do Paraná, transformou-se em um dos poucos jornais da América Latina a dedicar sua circulação diária somente ao digital, dentro do modelo mobile first e com foco nas assinaturas. Por isso, a iniciativa é um dos destaques da edição deste ano da conferência Digital Media LATAM, da Associação Mundial de Jornais e Editores de Notícias (WAN-IFRA), a ser realizada em Buenos Aires (Argentina), entre os dias 14 e 16 de novembro. 

Publicado em Jornal ANJ Online

Os resultados financeiros positivos da gigante de mídia alemã Axel Springer no primeiro semestre de 2017, com base em suas operações digitais, fizeram a companhia elevar ligeiramente suas metas para o ano. A nova projeção sustenta-se em um segundo trimestre tão bem-sucedido quanto os primeiros três meses do ano, com destaque para as assinaturas e Classificados online. No semestre, os negócios digitais da empresa alemã cresceram 10,7% em relação aos primeiros seis meses de 2016. Agora, essas operações representam 70,6% das vendas do grupo, contra 66% no ano anterior.

Publicado em Jornal ANJ Online

Consolidada no hábito de leitura dos gaúchos nos fins de semana, a Superedição, de Zero Hora, apresentará uma série de novidades a partir de 5 de agosto, refletindo uma crença da RBS na valorização do conteúdo. As mudanças levam em conta insights gerados em uma profunda pesquisa com o público, que cada vez mais demanda um produto arrevistado, leve e próximo para consumo aos sábados e domingos. No digital, os conteúdos começam a ser entregues já na sexta-feira – dados do Google Analytics apontam que, no primeiro semestre, houve 50% de crescimento no volume de assinantes dos produtos digitais de ZH e mais de 2 milhões de downloads das edições do Jornal Digital.

– A nova versão da Superedição sustenta a nossa estratégia de fortalecer a leitura de ZH no fim de semana, com mais conteúdos leves, de consumo duradouro e com um espírito de revista. Fizemos uma grande pesquisa com o público, que nos mostrou, apesar do alto índice de satisfação, uma série de oportunidades de melhorar a edição. Por isso, estamos trazendo novos colunistas, investindo em um novo caderno Fíndi e melhorando ainda mais os carros-chefes Vida, Donna e DOC – destaca a vice-presidente de Produto e Operações, Andiara Petterle.

Nesta quarta-feira (26), as novidades foram apresentadas, em primeira mão, para a redação integrada de Zero Hora e Diário Gaúcho.

A nova Superedição reunirá 41 colunistas, sendo 12 novos nomes, entre eles Dráuzio Varella, Luciano Potter, Pedro Ernesto Denardin, Daniel Scola e Sara Bodowsky. No primeiro caderno, haverá páginas de opinião mais leves e contemplando diferentes pontos de vista a partir do lançamento da seção Duas Visões. Na proposta, um tema atual será pauta de dois articulistas com posições diferentes.

O DOC ganhará um novo projeto gráfico, leve, com capa mais clara e chamadas formando um índice, para que o leitor identifique, já na capa, os assuntos de maior interesse. O conteúdo da seção Com a Palavra, marcada por entrevistas em profundidade, será ainda mais valorizado, abrindo o caderno. A grande novidade do DOC é a chegada do apresentador e editor-chefe da Gaúcha, Daniel Scola, que ocupará um espaço de entrevistas ao lado da coluna de Paulo Germano.

O Fíndi também terá o visual transformado, será mais leve, com conceito de guia e conteúdo focado em lazer e entretenimento para toda a família e todos os públicos, com dicas que vão além das atividades culturais: passeios, restaurantes, feiras, shows, teatros e cinemas. Haverá ainda um espaço para conteúdos do Clube do Assinante, onde o leitor encontrará os benefícios de ser sócio. Quatro novos colunistas reforçarão o time do Fíndi: Luciano Potter, Sara Bodowsky, Júlia Alves e Flávia Requião.

No Vida, o médico e escritor Dráuzio Varella fechará o caderno, compondo uma dupla de peso com o já consagrado JJ Camargo. Na coluna, Dráuzio falará sobre assuntos pelos quais é reconhecido nacionalmente, como saúde, comportamento e políticas governamentais.

O espaço de Esporte será rebatizado e terá um nome já familiar entre os ouvintes da Gaúcha. A editoria passa a se chamar Jornada Esportiva aos fins de semana e agregará nomes conhecidos do público, como Pedro Ernesto, Diori Vasconcellos e Marcos Bertoncello.

Novos nomes:

Caderno principal

Giane Guerra – Nome de economia da Gaúcha, ganha uma coluna, com o nome Acerto de Contas, falando sobre movimentos do mercado gaúcho e investimentos pessoais.

Mário Corso – Atualmente como interino, assume o espaço ao final da edição.

DOC

Daniel Scola – Passa a assinar um espaço de entrevistas exclusivas, com cross media na Gaúcha e no digital.

Claudia Laitano – Migra sua coluna de sexta-feira para o DOC, ganhando mais espaço. Os temas abordados permanecem sendo de cultura, comportamento e cotidiano.

Fíndi

Luciano Potter – Passa a assinar a coluna Fíndi do Potter, com dicas de música, shows e entretenimento no fim de semana.

Sara Bodowsky – Traz o Roteiro da Sara para Zero Hora, com dicas de viagens e gastronomia.

Júlia Alves – Assina a coluna Fíndi da Rede Social, com dicas de festas, e sai do Donna no fim de semana.

Flávia Requião – Editora de Variedades do Diário Gaúcho, reúne dicas de TV aberta para o leitor de Zero Hora. A TV fechada será abordada pela colunista Vanessa Scalei.

Vida

Dráuzio Varella – Aborda temas variados e assuntos pelos quais é conhecido nacionalmente.

Paulo Gleich e Abraão Slavutsky – Revezam, quinzenalmente, sobre temas da psicanálise.

Jornada Esportiva

Pedro Ernesto – O comentário esportivo de Pedro Ernesto já consagrado na Gaúcha terá espaço também em Zero Hora.

Diori Vasconcelos – Ganha espaço para falar de arbitragem.

Marcos Bertoncello – Estatística é o tema da coluna.

Publicado em Associados

As iniciativas da União Europeia (UE), que envolvem pesadas multas, e outras frentes de combate às práticas anticompetitivas do duopólio digital Google-Facebook e das demais empresas de tecnologia são pouco eficazes e atrasadas. Isso porque, alerta o especialista nas implicações sociais da tecnologia Evgeny Morozov, não estão centradas no que é mais importante: os dados. “Os dados não são como qualquer outra matéria prima, e os mercados de dados não são como qualquer outro mercado. É importante solucionar as compras na Internet, mas não se isso vier a acelerar a transição a uma forma perversa de feudalismo de dados, no qual o recurso mais importante pertence somente a uma ou duas empresas", afirma Morozov em artigo publicado pelo jornal espanhol El País.

Publicado em Jornal ANJ Online
Página 1 de 3