Imprimir esta página
A cada 17 horas um jornalista é agredido no México, revela levantamento da Artigo 19 Reprodução

A cada 17 horas um jornalista é agredido no México, revela levantamento da Artigo 19

Levantamento divulgado nesta terça-feira (03) pela organização Artigo 19 mostra que houve 249 agressões contra jornalistas – incluindo 7 assassinatos – nos seis primeiros meses de 2019. Isso representa uma agressão a cada 17,4 horas.

Em boa parte dos casos, o Estado aparece como principal inimigo do jornalismo: 42,16 % das agressões foram perpetradas por funcionários públicos. Desse total, mais da metade (56,19 %) são agressões por parte de agentes públicos municipais.

Foram mortos no país ao longo deste ano, incluindo dados dos meses de julho e agosto, segundo a Artigo 19, dez jornalistas, numero acima do verificado em 2018, com nove homicídios de profissionais da imprensa.  “O panorama para a liberdade de expressão [no México] é desalentador”, manifestou a Artigo 19.

A organização avalia que, mantida a escalada de violência, “2019 poderá ser o mais letal para imprensa” no país. Até o momento este recorde negativo foi verificado em 2017, com 12 assassinatos, solo uno más que este ano.

A Artigo 19 alertou ainda para os riscos da retórica agressiva contra a imprensa por parte de integrantes do governo federal, incluindo o presidente Andrés Manuel López Obrador, e de dirigentes estatais e municipais, que de “maneira cada vez mais recorrente atacam a imprensa e buscam minar sua credibilidade”. Com isso, segundo a Artigo 19, fecham “os canais de difusão de informação, inibindo o debate e colocando em risco os jornalistas”.

Os cinco estados que registraram maior número de agressões contra a imprensa são Quintana Roo, con 26; Ciudad de México e Guerrero, com 22 cada um; e Oaxaca e Veracruz, com 19 cada um.

Leia mais em:

https://www.lavanguardia.com/politica/20190903/47177798988/cada-17-horas-agreden-a-un-periodista-en-mexico-segun-revela-un-estudio.html

https://www.efe.com/efe/usa/mexico/estudio-revela-que-cada-17-horas-agreden-a-un-periodista-en-mexico/50000100-4056001?utm_source=wwwefecom&utm_medium=rss&utm_campaign=rss