The Washington Post expande suas operações fora dos Estados Unidos Reprodução

The Washington Post expande suas operações fora dos Estados Unidos

Logo após anunciar que projeta lucrar, em 2018, pelo segundo ano seguido e promover investimentos e contratações, o jornal norte-americano The Washington Post, do bilionário Jeff Bezos, iniciou uma nova fase de expansão internacional. O diário informou a abertura de agências estrangeiras em Roma e Hong Kong e a adição de um segundo correspondente da Cidade do México, segundo o blog da World Association of Newspapers and News Publishers (WAN-IFRA). Com isso, o número total de correspondentes estrangeiros do jornal sobe para 27, com base em 19 locais.

O movimento ocorre dois anos depois criação de agências em Paris, Istambul e Bruxelas, o que marcou uma aceleração dos esforços de expansão da organização iniciados em 2013. "No final de 2018, o número de correspondentes de tempo integral do The Post no exterior será tão grande ou maior do que em qualquer momento da história da organização", disse o editor de notícias internacionais Douglas Jehl.

O investimento está associado ao incremento de assinaturas digitais, cujo número dobrou em 2017 (são mais de 1 milhão de assinantes) e à crescente audiência além dos limites dos Estados Unidos. "O Post agora atinge uma vasta audiência em todo o mundo e em todo os Estados Unidos, e estamos empenhados em ser uma organização de notícias global para atender a público global", afirmou Jehl.

Leia mais em:

http://blog.wan-ifra.org/2018/02/14/washington-post-expands-foreign-news-operations