Conteúdo de Nosso Vale do Silício mostra como Santa Catarina se prepara para virar referência nacional Conteúdo de Nosso Vale do Silício mostra como Santa Catarina se prepara para virar referência nacional / Divulgação

NSC produz material especial sobre tecnologia e inovação

Exemplos inspiradores de tecnologia e de inovação em Joinville, Blumenau, Florianópolis e outras regiões do Estado mostram como o setor que fatura R$ 15,5 bilhões por ano, emprega mais de 40 mil pessoas e representa 5,6% da economia catarinense pretende liderar a nova matriz econômica do Estado e se tornar referência para todo o Brasil.

O conteúdo é resultado de um trabalho integrado a partir de Joinville. O ponto de partida foi a nova matriz da maior economia do Estado a partir de uma visão de parceria entre iniciativa privada, poder público, academia e entidades representativas da sociedade.

A reportagem percorreu outros pólos do Estado para mostrar como a tecnologia e a inovação avançam em todas as regiões e têm tudo para consolidar Santa Catarina como um mercado de excelência mundial no setor. Como benchmarking, a reportagem visitou o pólo tecnológico de Recife, que hoje é um dos principais do país, e o Cubo, espaço de empreendedorismo de tecnologia e inovação em São Paulo.

A produção será apresentada no Jornal do Almoço da NSC TV em quatro capítulos, de terça a sexta-feira e em 16 páginas do caderno "Nós" da superedição do próximo fim de semana dos jornais Diário Catarinense, AN e Santa. O conteúdo também estará disponível na plataforma digital NSC Total, e no começo da manhã do dia 9 será tema de debate no programa Café das Seis da Rádio Globo Joinville, que pode ser acessada na frequência 95,3 ou via aplicativo.

O projeto foi lançado na manhã desta segunda-feira (5), em Joinville, e tem a parceria de mercado de Pollux, UniSociesc e Metronorte.