Trabalhos publicados em Zero Hora, GaúchaZH, Gaúcha e RBS TV que enaltecem a temática ambiental foram premiados nessa terça-feira (6) Trabalhos publicados em Zero Hora, GaúchaZH, Gaúcha e RBS TV que enaltecem a temática ambiental foram premiados nessa terça-feira (6) / Divulgação

Repórteres do Grupo RBS são reconhecidos nas quatro categorias profissionais do Prêmio José Lutzenberger

Quatro veículos do Grupo RBS foram valorizados na 5ª edição do Prêmio José Lutzenberger de Jornalismo Ambiental. A produção de conteúdos relacionados ao meio ambiente garantiu prêmios aos repórteres de Zero HoraGaúchaZHGaúcha e RBS TV, em todas as categorias profissionais. A cerimônia de premiação ocorreu nessa terça-feira (6), na Casa de Cultura Mário Quintana.

Promovido pela Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental Seção Rio Grande do Sul (ABES-RS) em parceria com a Braskem, o projeto tem o propósito de reconhecer trabalhos que, de alguma forma, destacam e colocam em pauta  a temática ambiental. A divulgação de iniciativas de instituições públicas e privadas que buscam soluções para questões relacionadas ao meio ambiente é um dos assuntos que ganham maior destaque. Neste ano, o prêmio trouxe o tema “Informar é Transformar”, a fim de valorizaros conteúdos que abordam a sustentabilidade.

As categorias são divididas em Radiojornalismo, Telejornalismo, Jornalismo Impresso e Webjornalismo. Voltado à estudantes, existe ainda o Prêmio Braskem de Jornalismo Universitário, que reconhece trabalhos produzidos nas universidades.

Na categoria de Radiojornalismo, a Gaúcha recebeu destaque. A reportagem “Os quatro maiores desastres ambientais que ainda atormentam o Rio Grande do Sul”, elaborada pelos repórteres Eduardo Matos e Marcelo Gonzatto, ficou em primeiro lugar.

Em Telejornalismo, dois trabalhos da RBS TV foram premiados. Os repórteres Fabio Almeida, Everton Chrisostomo, Cristiano D’Oliveira, Rodrigo Bettio, Andressa Pesce, Júlio Ferreira, Sid Rafael, SandréSarreta e ZecoDarte levaram o primeiro lugar com a reportagem “Jacuí - crime e agonia – 5 anos depois”. Uma série de reportagens que mostra a situação dos recursos hídricos em Passo Fundo ficou em terceiro lugar, produzida pelos jornalistas Débora Padilha de Oliveira, João Maurício Malheiros de Oliveira, Jean Pimentel, Jeferson Barbosa, Gustavo Deon e Mateus Rodighero.

Na categoria de Jornalismo Impresso, a reportagem “A onça, a puma e o grande roncador”, produzida pela repórter de Zero Hora Aline Custódio, ficou em terceiro lugar. GaúchaZH recebeu o reconhecimento na categoria Webjornalismo. A repórter Jéssica Rebeca Weber recebeu o primeiro lugar, a partir da reportagem “Como reduzir a poluição”. 

Confira abaixo os trabalhos do Grupo RBS reconhecidos na premiação:

Radiojornalismo

1º Lugar – Os quatro maiores desastres ambientais que ainda atormentam o Rio Grande do Sul

Autor (a): Eduardo Matos e Marcelo Gonzatto

Veículo: Rádio Gaúcha

Telejornalismo

1º Lugar – Jacuí - crime e agonia - 5 anos depois 

Autor (a): Fábio Almeida, Everton Chrisostomo, Cristiano D’Oliveira, Rodrigo Bettio, Andressa Pesce, Júlio Ferreira, Sid Rafael, SandréSarreta e ZecoDarte

Veículo: RBS TV


3º Lugar – Série de reportagens mostra a situação dos recursos hídricos em Passo Fundo

Autor (a): Débora Padilha de Oliveira, João Maurício Malheiros de Oliveira, Jean Pimentel, Jeferson Barbosa, Gustavo Deon e Mateus Rodighero

Veículo: RBS TV

Webjornalismo

1º Lugar – Como reduzir a poluição

Autor (a): Jéssica Rebeca Weber

Veículo: GaúchaZH

Jornalismo Impresso

3º Lugar – A onça, a puma e o grande roncador

Autor (a): Aline Custódio

Veículo: Zero Hora