Principais manchetes do GaúchaZH ganham espaço na plataforma Google Home e Assistant Divulgação/RBS

Principais manchetes do GaúchaZH ganham espaço na plataforma Google Home e Assistant

Agora está ainda mais fácil ficar bem informado: uma nova tecnologia do Google Home e Assistant permite que o usuário de GaúchaZH ouça boletins informativos por meio de um simples comando de voz. A ferramenta já está disponível e pode ser utilizada no celular ou nos smart speakers – pequenas caixinhas de som que são, na verdade, assistentes virtuais controlados por voz. As manchetes em áudio são gravadas pelo gerente-executivo da Gaúcha, Daniel Scola, duas vezes ao dia, nos períodos da manhã e da tarde. Para ter acesso aos áudios, basta abrir o aplicativo e falar “Ouvir GaúchaZH”.

Os smart speakers são dispositivos que trazem funcionalidades para a execução de tarefas de forma rápida e interativa. Por meio da Inteligência Artificial, a tecnologia responde questões desde a previsão do tempo a até dúvidas sobre matemática. O sistema está também disponível em smartphones com sistema Android e iOS. Para conectar-se, o usuário deverá realizar o download do Google Home e Assistant na Play Store ou na Apple Store. Após baixar o aplicativo, é preciso apenas dar o comando de voz ao ajudante virtual para ficar por dentro das principais notícias do dia. Um dos pontos interessantes é a possibilidade de programar um horário para ouvir as principais notícias.

A ferramenta foi realizada em parceria com o Google durante os últimos dois meses. De acordo com o analista de métricas e SEO Maurício Castro, do Grupo RBS, a aplicação é uma tendência mundial que está sendo testada também por outros jornais nacionais e internacionais.

– Estamos seguindo e nos adaptando a uma tendência. Especialistas apontam que a expectativa é de que 70% das buscas online sejam feitas por voz até 2021. A ferramenta de programar o horário para ouvir as notícias facilita muito o cotidiano, pois as pessoas não precisarão parar nenhuma atividade para realizar a busca e apenas escutarão o que é narrado no áudio – diz Castro.

A versão beta entrega, neste primeiro momento, apenas as manchetes, mas o objetivo é aprimorar ainda mais a aplicação. O projeto será aperfeiçoado junto ao Google para que, no futuro, seja possível que o assistente virtual leia uma reportagem inteira, por exemplo.