No Dia da Mentira, Rede Gazeta firma compromisso com o jornalismo e incentiva o compartilhamento da verdade Reprodução

No Dia da Mentira, Rede Gazeta firma compromisso com o jornalismo e incentiva o compartilhamento da verdade

A Rede Gazeta, maior grupo de comunicação do Espírito Santo, inovou neste 1º de abril, conhecido popularmente como o Dia da Mentira, para reforçar seu compromisso com a verdade e, mais do que isso, mostrar à audiência a diferença que faz compartilhar verdades, e não desinformação. Além de uma campanha publicitária nos veículos do grupo e nas redes sociais, acompanhada da #COMPARTILHEVERDADES, a empresa destacou uma séria de iniciativas jornalísticas com as quais tem combatido a disseminação de boatos, notícias falsas e outras inverdades.

Editor-chefe da redação multimídia da empresa, André Hees, disse que há dois projetos cruciais para deter a desinformação nas redes sociais e prezar pelo jornalismo sério: a seção “Passando a Limpo” e o G.dados, grupo focado no garimpo de informações muitas vezes “escondidas” em portais públicos. “O Gazeta Online tem um espaço chamado de Passando a Limpo que tem como missão desfazer boatos que estão correndo pelas redes sociais. Era um trabalho que já era feito de forma espontânea pela nossa equipe, e enxergando a importância dessa atividade decidimos formalizá-la. A nossa equipe identifica assuntos que estão sendo muito compartilhados, apura e distribui a informação correta nas nossas redes sociais”, afirmou Hees.

O trabalho do jornalista, continuou o editor, é apurar a verdade, buscando informar a população depois de uma análise de todos os lados. Para reforçar o compromisso da Rede Gazeta com o jornalismo profissional, assinalou, foi criado o projeto G.dados. “É uma iniciativa mais robusta de jornalismo de dados, que surgiu com o G2020, e reúne profissionais qualificados, que passam por diversos treinamentos para estarem sempre atualizados. Durante o processo, são utilizadas técnicas próprias de análise e raspagem de dados que estão disponíveis em sites de forma dispersa”, explicou o editor-chefe.

Leia mais em:

https://www.redegazeta.com.br/confira-as-iniciativas-da-rede-gazeta-para-evitar-a-disseminacao-de-fake-news/