Festival online de música, podcast, cartilha prática, newsletter temática e home office estão entre as ações do Grupo Festival online de música, podcast, cartilha prática, newsletter temática e home office estão entre as ações do Grupo

Medidas do O POVO em tempos de covid-19

A fim de preservar as equipes, diminuir o risco de contágio e a propagação do novo coronavírus (covid-19), o Grupo de Comunicação O POVO adotou uma série de medidas.

Uma delas é a adoção do home office para as equipes da Redação, incluindo impresso, portal, mídias sociais e rádio O POVO CBN. Cerca de 90% dos profissionais estão trabalhando de forma remota. O esforço é que nos próximos dias 100% da Redação estejam home office.

Hangouts, WhatsApp, videoconferências, VPN e outras ferramentas têm sido aliadas para as reuniões e comunicação em geral entre as equipes.

Os colaboradores dos outros departamentos da empresa também passaram a executar as funções direto de suas residências.

 

Abaixo, outras medidas foram tomadas:

- Festival online de música
Com 21 atrações cearenses, O POVO, em parceria com a VC Eventos, promove, entre os dias 28 e 30 de março, um festival de música gratuito e online durante a quarentena resultante da pandemia do novo coronavírus. Os shows serão transmitidos nas redes sociais dos artistas, com programação especial também as redes sociais do O POVO. Com artistas como Waldonys, Sargento Pimenta, Giselle Café e Aparecida Silvino, o evento ocorrerá durante três dias. Os shows começam sempre às 18 horas de cada dia e seguem até às 21h30min.

- 2ª temporada do podcast Recorte
Estreia a segunda temporada do podcast Recorte para ampliar a cobertura durante a pandemia do novo coronavírus. O produto está disponível nas principais plataformas sonoras, como Spotify, Deezer, Spreaker e Apple Podcasts. O material será publicado de segunda a sexta-feira, com participação de repórteres da Casa, para traçar panorama sobre a Covid-19 e trazer os bastidores da notícia.

- Abertura dos conteúdos
O POVO liberou o acesso de não assinantes a seus conteúdos exclusivos sobre o novo coronavírus. A iniciativa de liberar a todo o público matérias que seriam destinadas apenas aos assinantes é uma forma de disseminar ao máximo informações que possam contribuir para a prevenção da pandemia.

- Cartilha prática para download
O POVO preparou uma cartilha com dicas simples e rápidas sobre como se proteger da Covid-19. O leitor pode baixar o arquivo em pfd , ter o guia em seu celular e compartilhar com parentes e amigos.

- Newsletter
Além do envio de notícias selecionadas para esportes, opinião e notícias em geral, O POVO passa a enviar, todos os dias, um boletim informativo exclusivo sobre notícias acerca do coronavírus. É possível assinar a newsletter ao acessar opovo.com.br

- Vídeos explicativos
Os canais do O POVO nas redes sociais estão informando, por meio de vídeos, posts e destaques, formas de prevenir o vírus, assim como lidar no dia a dia para evitar a proliferação da doença.

- Envio de notícias por WhatsApp
Os leitores recebem, por meio do WhatsApp, notícias relacionadas ao novo coronavírus.

- Vida&Arte
Em respeito às orientações sobre a importância da população permanecer em casa e evitar aglomerações, o caderno de cultura Vida & Arte deixa de publicar a agenda cultural da Cidade, temporariamente. Todo o caderno está programado para opções para serem feitas em casa, com dicas de literatura, filmes, séries e cursos.

- Conexão Nordeste Coronavírus
Como parte das ações da Rede Nordeste, que reúne O POVO (CE), Jornal do Commercio (PE) e Correio da Bahia (BA), os jornalistas dos três veículos apresentam no Facebook, o Conexão Nordeste, programa ao vivo com os três veículos da região. Com um formato interativo, o programa dura em média 30 minutos e é apresentados por jornalistas. Na edição da última quarta-feira, 18, as pautas serão em torno do coronavírus. O Conexão Nordeste faz parte da Rede Nordeste, formato que existe desde 2018 e visa o compartilhamento de informações e conteúdos entre os grupos de comunicação. Com a integração, é possível que os leitores tenham acesso a matérias apuradas sobre os estados vizinhos. Os veículos repercutem os assuntos em uma perspectiva regional.