Imprimir esta página
Resiliência de leitores de jornais impressos surpreende, revela pesquisa nos EUA

Resiliência de leitores de jornais impressos surpreende, revela pesquisa nos EUA

A mais recente pesquisa Newspaper Penetration Report (NPR), da Nielsen Scarborough, mostra uma surpreendente resiliência da audiência das versões impressas dos jornais dos Estados Unidos. Nas áreas com populações acima de 50 mil pessoas, entre as quase 170 empresas de mídia pesquisadas 37 (cerca de 22%) têm penetração semanal de mais de 50%. Quando retirado o público dos sites, a audiência dos veículos impressos (lidos em papel ou no mesmo layout, mas digital), 34 (ou 20%) das 170 companhias têm penetração semanal de mais de 40%. O jornal com maior penetração atinge em média 53% de todos os adultos em seu mercado durante uma semana.

 “Olhando para os números, fico mais uma vez impressionado com a resiliência. Apesar dos anos de queda na circulação e no número de leitores dos impressos, os meios de comunicação ainda demonstram uma forte penetração em seus mercados locais”, assinala Gary Meo, vice-presidente sênior da Nielsen Scarborough. Os dados revelam um comportamento verificado em outros estudos da empresa de pesquisa especializada. Alguns deles mostram que cerca de metade dos leitores de jornais consomem apenas a forma impressa. De acordo com a base de dados nacional mais recente da Nielsen Scarborough, entre o público adulto dos Estados Unidos que está consumindo mídia de jornal em plataformas (impressão, edição eletrônica, site e celular), quase a metade (48%) consome esse conteúdo exclusivamente na impressão.

No Newspaper Penetration Report (NPR), informou Meo em artigo no site da International News Media Association (INMA), a empresa de mídia com a maior penetração atinge um “notável” índice médio de 68% de todos os adultos em seu mercado durante uma semana. Outras 46 empresas de mídia de notícias têm uma penetração semanal de 40% ou melhor. Assim, quase a metade (49%) dos 170 jornais relatados pelo executivo da Nielsen Scarborough atingem 40% ou mais de todos os adultos em seus mercados em uma semana média.

Historicamente, lembra Meo, os jornais impressos sempre alcançaram grandes públicos, e isso ainda é uma verdade. Esse público é composto por uma maioria com mais idade, formada em nível superior e vivendo em famílias com renda anual de US$ 100 mil ou mais. “Isso os torna valiosos para uma variedade de anunciantes”, ressalta o vice-presidente sênior da Nielsen Scarborough.

 Leia mais aqui.

 

Itens relacionados (por marcador)