Toffoli aponta Imprensa e Poder Judiciário como garantia da democracia Reprodução

Toffoli aponta Imprensa e Poder Judiciário como garantia da democracia

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, afirmou nesta quarta-feira (21), em almoço com a Associação Nacional de Jornais (ANJ), que a Imprensa e o Poder Judiciário têm papel fundamental na garantia da democracia. Toffoli esteve com a Diretoria e o Conselho de Administração da ANJ, além de editores e diretores de Redação de jornais associados. Ele destacou a importância dos jornais como produtores de conteúdo confiáveis e de credibilidade, especialmente “no mundo das notícias fraudulentas em que vivemos”.

O presidente do STF foi saudado pelo presidente da ANJ, Marcelo Rech, que destacou estarem os jornais “na linha de frente do combate à desinformação disseminada pelo duopólio [Google e Facebook] e seus desdobramentos digitais”. Rech lembrou que “os jornais, é verdade, nem sempre acertam, mas não estamos no ramo do erro. Estamos no ramo do acerto e, quando erramos, procurarmos reparar tais equívocos”.

Dias Toffoli disse que o Poder Judiciário está aberto a “eventuais marcos regulatórios” em relação a plataformas de tecnologias que não se assumem como meios de comunicação, mas agem como tal. “São novas plataformas que não têm registro no Brasil, que não podem ser responsabilizadas pelo o que veiculam”. Recordou que o próprio Poder Judiciário, como ocorreu com a Justiça Eleitoral nas últimas eleições, também “é vítima de ataques fraudulentos, de notícias fraudulentas, que depois nem se consegue identificar de onde foram originadas”.

tofolli2