Leitores de notícias dos EUA dão cada vez mais preferência ao meio digital, mesmo entre os com idade superior a 50 anos, diz estudo Reprodução/Street Fight Magazine

Leitores de notícias dos EUA dão cada vez mais preferência ao meio digital, mesmo entre os com idade superior a 50 anos, diz estudo

Nova pesquisa do Pew Research Center indica como acertada a estratégia colocada em prática pelos principais jornais na atualidade, que dão prioridade ao investimento em suas versões digitais. O estudo, feito nos Estados Unidos, revela que 63% dos entrevistados cuja primeira opção para buscar notícias é a leitura disseram preferir o meio online, enquanto 17% afirmaram gostar mais do impresso. O levantamento reafirma a tendência de os mais jovens darem preferência a ler na internet, mas revela que o mesmo comportamento vem ganhando espaço entre aqueles de idade mais avançada.

O relatório identificou que 76% dos adultos norte-americanos entre 18 e 49 anos que dão preferência à leitura das notícias fazem isso na web. Entre os de 50 anos ou mais, o percentual ficou em 43%, acima dos 32% encontrados em pesquisa semelhante realizada em 2016. Naquele ano, 49% das pessoas dessa faixa etária com preferência a ler as notícias disseram que o impresso era o meio favorito. Neste ano, esse índice é de 32%.

Do ponto de vista geral, a pesquisa mostra que 47% dos norte-americanos preferem assistir às notícias, enquanto 34% optam pela leitura e 19% preferem ouvir. Entre todos os entrevistados, 7% indicaram o formato papel como a primeira forma de consumir o noticiário, em comparação com 11% na pesquisa de 2016.

O estudo, elaborado entre 30 de julho e 12 de agosto junto a 3.425 adultos dos Estados Unidos, revela que a televisão permanece como a principal fonte de notícias para os norte-americanos. Entre os que assistem o noticiário, 75% disseram preferir a TV e 20%, a internet.

Leia mais em:

http://www.journalism.org/2018/12/03/americans-still-prefer-watching-to-reading-the-news-and-mostly-still-through-television/