Publishers apontam queda no preço dos anúncios digitais como principal problema da publicidade programática, diz pesquisa Reprodução/eMarketer

Publishers apontam queda no preço dos anúncios digitais como principal problema da publicidade programática, diz pesquisa

A publicidade digital programática desperta muitas preocupações aos publishers, mas a principal delas é pressão da compra automatizada que pode resultar na queda de preços dos anúncios. Essa é a opinião de 30% dos 185 executivos de empresas jornalísticas dos Estados Unidos que participaram de pesquisa feita pelo site especializado em comunicação Digiday. Boa parte dos entrevistados (14%) também destacou o temor com os problemas de latência e de falta de transparência nas práticas comerciais – incluindo fraudes nas audiências das peças publicitárias – como outras preocupações importantes.

Durante anos, a publicidade programática, diz o site eMarketer, estabeleceu um cenário no qual os anunciantes fazem lances baixos e engolem o estoque remanescente. Os publishers adaptaram-se a essa situação criando grades de proteção que protegem seu inventário de alta qualidade. Exemplo disso são as ofertas garantidas por meio de programação que permitem que o comprador e o vendedor concordem com preços e valores de estoque antes de realizar transações.

Correlacionar a compra programática de anúncios é cada vez mais importante para os publishers, destaca o eMarketer, uma vez que mais de 80% dos anúncios digitais são adquiridos programaticamente na atualidade. O site estima que os gastos com anúncios programáticos no meio online crescerão, nos Estados Unidos, de US$ 47,37 bilhões em 2018 para US$ 68,87 bilhões em 2020.

Leia mais em:

https://www.emarketer.com/content/publishers-worry-programmatic-is-hurting-ad-prices?ecid=NL1001