Imprimir esta página
Redação do jornal espanhol Redação do jornal espanhol / Reprodução

El País estuda adotar modelo de paywall a partir do segundo semestre de 2019

O jornal espanhol de atuação global El País, do grupo PRISA, prepara-se para aplicar um modelo de paywall em suas edições digitais a partir do segundo semestre de 2019. O publisher trabalha junto com uma equipe de tecnologia do diário norte-americano The Washington Post para desenvolver um sistema de assinaturas online poroso, que permita o acesso gratuito a notícias de última hora, mas exija pagamento para conteúdos considerados premium, uma vez que o jornal espanhol não quer afugentar seus atuais leitores.

O projeto começou a tomar forma a partir da compra da tecnologia Arc Publishing, a plataforma de desenvolvimento do The Washington Post para adaptar a imprensa ao mundo digital, inicialmente aplicado no próprio diário norte-americano e que, depois, passou a ser comercializado. O El Español informou que profissionais do El País trabalham em Washington, nos Estados Unidos, enquanto outros estão voltado para o projeto dentro da sede do jornal espanhol, em Madrid.

A ideia do grupo PRISA é acostumar aos poucos seus leitores, que em novembro de 2018 superavam os 20 milhões de visitantes únicos. O El País estuda oferecer um pacote de assinatura a preço bem acessível, similar ao que cobram plataformas de vídeo em streaming. O Netflix, por exemplo, oferece na Espanha um plano de apenas 7,99 euros, que deve ser reajustado em breve.

A maioria dos jornais generalistas da Espanha pretende seguir o mesmo caminho do El País e adotar o modelo de conteúdos pagos em 2019, diz o site Media-Tics. O El Mundo, por exemplo, implantará um paywall freemium, semelhante ao estudado pelo jornal do grupo PRISA, que permitirá o acesso gratuito a notícias, mas cobrará por conteúdos exclusivos.

Leia mais em:

https://www.elespanol.com/economia/empresas/20190130/prisa-define-hoja-ruta-implantar-pago-pais/372213971_0.html

https://www.media-tics.com/noticia/8793/periodismo/el-pais-baraja-levantar-un-muro-de-pago-poroso-despues-del-verano.html