Explicar ao leitor como são produzidas as reportagens garante mais credibilidade ao jornais, indica estudo Reprodução

Explicar ao leitor como são produzidas as reportagens garante mais credibilidade ao jornais, indica estudo

Fornecer aos leitores de jornais de forma clara, objetiva e sinalizada informações sobre a processo de produção das reportagens é um simples e eficaz método de conquistar a confiança da audiência, segundo novo estudo liderado pelo Center for Media Engagement e pela estrategista de engajamento Joy Mayer, do projeto Trusting News, do Reynolds Journalism Institute e do American Press Institute.  

O estudo, composto por mais de um experimento, mostrou que a amostragem de uma caixa informativa sobre pressupostos jornalísticos – como e por que a organização de notícias decidiu seguir uma determinada história, onde os repórteres coletam informações e quais são as medidas para garantir justiça e imparcialidade – garantem maiores índices de confiança.

Feito em parceria com os jornais USA Today e The Tennessean, do grupo norte-americano Gannet, o estudo coletou dados a partir de dois experimentos com 1.312 participantes. No primeiro, dirigido a 753 pessoas, os textos foram publicados em um site de notícias simuladas, batizado pelos pesquisadores de The News Beat.

O experimento apresentou duas reportagens diferentes – uma sobre um acidente de carro e outra sobre tiroteios em massa nos Estados Unidos –, produzidas por sites de notícias reais e adaptadas para o estudo. Os participantes foram aleatoriamente designados para ler uma das duas histórias. As pessoas que viram a notícia com a caixa explicativa perceberam que a organização de notícias era significativamente mais confiável, em comparação com as pessoas que viam a mesma história sem a caixa.

Os resultados foram ainda melhores no segundo experimento, com a mesma abordagem, mas usando textos do USA Today e do Tennessean. As pessoas que viram reportagens com as explicações deram classificações significativamente mais positivas em 11 dos 12 atributos de confiança estabelecidos para a pesquisa em comparação com pessoas que viram a mesma história sem a caixa explicativa. Os atributos incluem ser mais transparente, informativo, preciso, justo, confiável, imparcial e respeitável.

Leia mais em:

https://mediaengagement.org/wp-content/uploads/2019/02/CME-Report-Building-Trust.pdf