Jornais britânicos estão atrasados na transição do impresso para o digital, alerta CEO da NYT Co. e ex-diretor geral da BBC Reprodução/The Guardian

Jornais britânicos estão atrasados na transição do impresso para o digital, alerta CEO da NYT Co. e ex-diretor geral da BBC

O britânico Mark Thompson, ex-diretor geral da BBC e agora CEO da The New York Times Co., afirmou esta semana estar pessimista em relação aos jornais do Reino Unido. Para ele, os diários de sua terra natal ainda estão centrados nas suas edições impressas e, mesmo que algumas organizações estejam voltadas para o público internacional, não são no momento potenciais vencedores globais. Se não houver uma mudança drástica na política de seus negócios, disse Thompson, a imprensa do Reino Unido continuará a enfrentar fechamentos em massa, em especial em relação aos jornais locais.

"O Reino Unido certamente tem possíveis sobreviventes – entre jornais nacionais, o Daily Mail e o The Guardian, por exemplo", disse Thompson em visita a Londres. "Mas com o devido respeito – e não obstante o grande público internacional que vários jornais do Reino Unido criaram – nenhum parece ser um potencial vencedor global". Thompson destacou ainda que Facebook e Google devem fazer mais para ajudar os publishers, mas disse não acreditar que eles sejam os únicos culpados pelas dificuldades do setor de notícias.

Leia mais em:

https://www.niemanlab.org/2019/09/new-york-times-ceo-mark-thompson-on-local-news-in-the-u-k-it-looks-like-something-close-to-a-wipeout/

https://www.pressgazette.co.uk/new-york-times-chief-and-former-head-of-the-bbc-warns-of-crisis-threatening-to-engulf-british-journalism/