NOTA À IMPRENSA

NOTA À IMPRENSA

A Associação Nacional de Editores de Revistas (ANER) e a Associação Nacional de Jornais (ANJ) condenam a manifestação do secretário de Comunicação da Presidência da República, Fabio Wajngarten, que, em rede social, afirmou que "parte da mídia ecoa fakenews, ecoa manchetes escandalosas, perdeu o respeito, a credibilidade, a ética jornalística". As entidades repudiam também a conclamação feita pelo secretário para que "anunciantes que fazem a mídia técnica tenham consciência de analisar cada um dos veículos de comunicação para não se associarem a eles, preservando suas marcas".

A ANER e a ANJ lamentam ainda a visão distorcida do secretário sobre mídia técnica, o que é preocupante, vindo de quem tem a responsabilidade de gerir recursos públicos de publicidade.

Brasília, 6 de outubro de 2019.

ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE EDITORES DE REVISTAS (ANER)
ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE JORNAIS (ANJ)