El País está próximo de lançar seu sistema de assinaturas digitais

El País está próximo de lançar seu sistema de assinaturas digitais

O jornal espanhol El País, dono de um projeto de jornalismo global no meio on-line e conhecido por manter seus conteúdos abertos, lançará em breve o seu paywall, informa o site Dircomfidencial. A tendência, segundo observadores, é que o modelo de assinatura digital do diário do grupo Prisa seja poroso e medido, que permite o acesso gratuito a um número limitado de conteúdos por mês.

O El País contava, no fim do terceiro trimestre de 2019, com meio milhão de usuários registrados em seu site. De acordo com seu último relatório trimestral de contas, esses 500 mil navegadores únicos são responsáveis por consumir 10% do total de visualizações de páginas da web, que atingiram 356 milhões em setembro passado. Atualmente, 57% do faturamento publicitário do grupo Prisa vem do meio digital.

Em 2018, o El País deu um dos primeiros passos para realizar a mudança que agora se aproxima: contratou a plataforma de gerenciamento de conteúdo Arc Publishing, desenvolvida pelo norte-americano The Washington Post. Um dos motivos que explica a contratação desse serviço é que essa ferramenta oferece várias de possibilidades para o gerenciamento de conteúdo pago.

Na transição, informou o El Español, o El País colocará em prática uma estratégia para evitar a fuga em massa de leitores e converter, de forma paulatina, os usuários em assinantes. A campanha de lançamento do novo modelo, ainda de acordo com o El Español, deve ser marcada por preços muito baixos e uma série de serviços atrativos.

Na Espanha, o El Mundo foi o primeiro jornal generalista a implantar um sistema de assinaturas digitais. O grupo Vocento pretende fazer o mesmo com o jornal ABC. A direção do jornal La Razón, entretanto, segue resistindo à ideia.

Leia mais em:

https://dircomfidencial.com/medios/el-pais-preve-lanzar-su-modelo-de-pago-esta-semana-20200210-0405/

https://www.elconfidencialdigital.com/articulo/medios/muro-pago-pais-permitira-acceso-gratuito-numero-limitado-noticias-mes/20200210183717138501.html