Leitura de sites de jornais e revistas do Brasil cresce em media 40% durante a crise da COVID-19

Leitura de sites de jornais e revistas do Brasil cresce em media 40% durante a crise da COVID-19

Auditoria feita pelo Instituto Verificador de Comunicação (IVC) entre os dias 15 e 21 de março revela que, a exemplo do que ocorre em outros países, os brasileiros dão preferência às notícias produzidas pelo jornalismo profissional para se informarem sobre a pandemia do novo coronavírus, em busca de informação confiável.

Segundo a análise, os websites dos maiores jornais e maiores revistas do Brasil registraram um crescimento médio de 40% nas métricas auditadas (números de visitantes, páginas vistas e sessões) em relação à semana anterior.

Dados do IVC mostram ainda que a maior procura pelos sites de jornais e revistas começou no dia 12 de março, quando o país começou a registrar aumento mais acelerado no número de casos de pessoas infectadas pelo novo coronavírus.

No mesmo período, quase todas as organizações de notícias que trabalham com assinaturas digitais liberaram a todos os leitores o conteúdo de serviço e as principais informações relacionadas à COVID-19.

A análise do IVC indica, por exemplo, que a maior alta foi verificada na leitura por meio de smartphones.

Veja abaixo a tabela que mostra mais detalhes sobre o comportamento dos leitores em meio à pandemia.

tabela