Eduardo Quirós, presidente do grupo GESE, anuncia a suspensão das restrições aos diários Eduardo Quirós, presidente do grupo GESE, anuncia a suspensão das restrições aos diários Reprodução/EFE

Estados Unidos retiram diários panamenhos da Lista Clinton

O Departamento do Tesouro dos Estados Unidos retirou os jornais El Siglo e La Estrella de Panamá, do Grupo Editorial GESE, da Lista Clinton, base de dados criada em 1995, durante o governo de Bill Clinton, com o objetivo de listar empresas ou pessoas relacionadas ao narcotráfico ou envolvidas em lavagem de dinheiro. Com isso, os dois diários não estão mais impedidos pelo governo dos Estados Unidos de manter relações comerciais e contratuais com empresas e cidadãos norte-americanos, o que garante sustentabilidade as suas operações.

A solução, que vinha sendo cobrada pela Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP), foi possível a partir do aceite dos norte-americanos à proposta do proprietário dos jornais, Abdul Waked, de se desfazer do controle do Grupo Editorial GESE. O empresário transferiu, como doação, 51% das ações do grupo para a Fundación Publicando Historia. Todos os benefícios da fundação serão exclusivamente para os jornais. Waked, entretanto, permanece na Lista Clinton e investigado por possível envolvimento em crimes de lavagem de dinheiro e narcotráfico.

Leia mais em:

http://www.sipiapa.org/notas/1211768-panama-diarios-desbloqueados-la-lista-clinton