Queda no mercado publicitário perde fôlego, indica pesquisa da Abap

A crise que afetou a publicidade brasileira nos últimos anos começa a ser revertida e há indícios de que, ainda em 2017, o mercado publicitário possa deixar de encolher. A previsão tem por base recente estudo da Associação Brasileira de Agências de Publicidade (Abap) e do Instituto Ibope Media, segundo o qual há entre as agências, especialmente as de porte médio, uma leve retomada nas atividades publicitárias. Das 30 empresas consultadas pela pesquisa, 19 movimentaram em 2016 um volume de investimento 13% maior do que no mesmo período do ano passado, relatou informe da Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert).

Neste momento, a previsão da Abap e do Ibope Media é a de que, até o fim deste ano, o investimento chegue a R$ 130 bilhões, o que resultaria em uma alta nominal na faixa de 1%. No ano passado, houve uma redução de 1,6% no total investido. Em 2018, o índice pode ter um aumento maior, mas não deve passar de um dígito.

Leia mais em:

http://www.abert.org.br/web/index.php/notmenu/item/25601-mercado-publicitario-deve-parar-de-encolher-em-2017-diz-abap