Jornais australianos mostram a anunciantes vantagens da publicidade em suas plataformas

O braço australiano da gigante de comunicação News Corp Austrália lançou uma campanha publicitária que questiona a eficiência e a transparência da publicidade programática digital do Google. Ao mesmo tempo, a publicidade enfatiza as vantagens dos anunciantes quando, no meio online, se associam às marcas do grupo, que detêm a confiabilidade do jornalismo profissional. “Você realmente sabe onde estão seus anúncios hoje?”, provoca a publicidade, para então responder: “As notícias sabem”. As peças, que serão exibidas nas publicações AdNews, Mumbrella, B & T, Media i, Media Week e The Australian’s Monday durante as próximas quatro semanas, destacam a segurança que as grandes marcas têm ao lado das credibilidade jornalística do grupo.

 “O objetivo é tranquilizar nossos clientes, mostrando a eles que proteger e aprimorar suas marcas é a nossa prioridade número um”, disse a diretora digital do grupo, Nicole Sheffield. A realidade, afirmou em clara alfinetada no Google, é que os anunciantes têm o direito de saber onde é aplicado seu orçamento de mídia e, também, precisam ter acesso a informações que mostrem a eles se o que foi prometido está sendo cumprido. A iniciativa da empresa ocorre em meio a maior crise de publicidade enfrentada pela empresa de buscas na web, que sofre boicote de grandes anunciantes depois que reportagens mostraram as marca associadas a vídeos (no YouTube) extremistas e preconceituosos.

“Tem havido muita discussão sobre a transparência da mídia nos últimos meses e queremos tomar uma atitude pró-ativa sobre essas questões. A campanha mostra nossas forças e compromisso de fornecer soluções responsáveis ​​e eficazes para os anunciantes”, salientou a executiva da News Corp Austrália. A campanha segue uma linha que vem sendo utilizada por vários veículos de comunicação em diferentes países, inclusive no Brasil. A primeira delas, do jornal norte-americano The New York Times, foi lançada em fevereiro, com foco na importância do jornalismo independente no combate a notícias falsas.

Leia mais em:

http://www.newsmediaworks.com.au/news-capitalises-on-googles-ad-blunders/