NOTA DE REPÚDIO

A Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (ABERT), a Associação Nacional de Editores de Revistas (ANER) e a Associação Nacional de Jornais (ANJ) repudiam as ameaças e ataques verbais de passageiros contra a jornalista Míriam Leitão.   No dia 3 de junho, durante um voo de Brasília ao Rio de Janeiro, a jornalista foi ofendida com xingamentos e gritos por representantes partidários. Além das grosserias, Míriam Leitão recebeu empurrões no assento que ocupava.

Atitudes como essas refletem autoritarismo, intolerância e desconhecimento do papel da imprensa – o de informar a sociedade sobre assuntos de interesse público.   A ABERT, a ANER e a ANJ esperam que episódios como este sejam sempre apurados e evitados, para que prevaleçam os princípios da convivência democrática.

Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão
 
Associação Nacional de Editores de Revistas
 
Associação Nacional de Jornais

Leia a nota em PDF no link abaixo:

NOTA CONJUNTA DE REPÚDIO