SIP pede respeito à liberdade de imprensa em investigação sobre transação de grupo de mídia do Panamá

A Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP) instou nesta sexta-feira (23) o Ministério Público (MP) do Panamá a garantir transparência e respeito aos princípios da liberdade de imprensa durante investigação anunciada na quinta-feira (22) sobre supostas irregularidades na aquisição de uma empresa que agrupa vários veículos de comunicação. “Confiamos que o processo judicial se desenvolva com imparcialidade e total apego às leis e à Constituição do país”, disse o presidente da SIP, Matt Sanders. Em nota oficial, o MP do Panamá informou que a Procuradoria contra o Crime Organizado abriu una investigação por crime contra a ordem econômica em uma transação envolvendo a venda de uma companhia de mídia, mas não a identificou. Especula-se que seja o Grupo Epasa, que edita os diários Panamá-América, Crítica e Día a Día.

Leia mais em:

http://www.sipiapa.org/notas/1211529-panama-la-sip-pide-respeto-la-libertad-prensa-investigaciones-judiciales