Relatoria Especial da CIDH condena repressão de Daniel Ortega a jornalistas e meios de comunicação da Nicarágua

Relatoria Especial da CIDH condena repressão de Daniel Ortega a jornalistas e meios de comunicação da Nicarágua

A Relatoria Especial para a Liberdade de Expressão da Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) condenou nesta terça-feira (11) as constantes ameaças contra a segurança de jornalistas na Nicarágua, bem como a vigilância e as pressões políticas aos meios de comunicação do país. A Relatoria Especial emitiu um chamado urgente ao governo de Daniel Ortega para dar fim à repressão e garantir o livre e independente funcionamento da imprensa nicaraguense.

De acordo com uma pesquisa realizada pela Medianálisis, entidade sem fins lucrativos voltada ao estudo da mídia venezuelana, 54% dos jornalistas do país já sofreram algum tipo de agressão ou ameaça por conta da linha editorial dos veículos em que trabalham, informou o Centro Knight. Ao mesmo tempo, os meios de comunicação sofrem forte repressão. O caso mais emblemático é o do Canal 10. A imprensa local afirma que há em prática por parte do governo censura indireta contra a equipe da emissora.

Leia mais em:

http://www.oas.org/es/cidh/expresion/showarticle.asp?artID=1117&lID=2