SIP repudia assassinato de jornalista investigativa no México Reprodução

SIP repudia assassinato de jornalista investigativa no México

A Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP) condenou nesta quarta-feira (12) o assassinato da jornalista mexicana Norma Sarabia, que se dedicava à cobertura policial. A entidade instou as autoridades mexicanas a investigar e a levar à justiça os responsáveis pelo crime.   

A jornalista foi assassinada na noite de terça-feira (11) no município de Huimanguillo, em Tabasco, sudeste do país, segundo informação do jornal local Tabasco HOY, no qual ela trabalhou por 15 anos. As primeiras informações indicam que a jornalista foi atingida por vários tiros disparados por dois homens que estavam em uma motocicleta quando tentava entrar em casa.

Em 2014, Norma denunciou judicialmente os comandantes da polícia de Huimanguillo por ameaças depois que publicou informações que os envolviam em supostos casos de sequestro, relatou o jornal Cambio, do estado de Puebla, segundo a France Presse.

A SIP também repudiou o assassinato do jornalista haitiano Pétion Rospide, morto na última segunda-feira (10). O profissional, que atuava pela Radio Sin Fin, foi baleado por desconhecidos durante protesto, em Porto Príncipe, contra o presidente do Haiti, Jovenel Moise.

A entidade condenou ainda um terceiro homicídio de jornalista na América Latina esta semana. José Libardo Montenegro, da rádio comunitária Samaniego Estéreo, da Colômbia, foi assassinado na noite de terça-feira (11) no município de Samaniego, no departamento de Nariño, no sul do país O assassinato, segundo a Fundação para a Liberdade de Imprensa (FLIP), o crime foi cometido por dois pistoleiros em uma motocicleta.

"Estamos consternados pelo aumento da violência dos últimos dias em distintos países da região. Condenamos o assassinato de um colega colombiano e levantamos a voz para pedir ao governo que faça uma investigação urgente, exaustiva e técnica para identificar e levar à justiça os mandantes e autores do crime”, disse a presidente da SIP, María Elvira Domínguez.

Leia mais em:

https://www.sipiapa.org/notas/1213259-la-sip-condeno-asesinatos-periodistas-mexico-y-haiti

https://www.sipiapa.org/notas/1213269-la-sip-condena-asesinato-un-periodista-colombia