SIP repudia violenta repressão à imprensa e à população na Nicarágua Reprodução

SIP repudia violenta repressão à imprensa e à população na Nicarágua

A Sociedade Interamericana de Imprensa reiterou nesta sexta-feira (8) seu repúdio à violenta repressão do governo de Daniel Ortega, na Nicarágua, contra a população do país, jornalistas e veículos de comunicação. A entidade condenou os ataques de grupos policiais e de governistas contra manifestantes que resultaram em 131 mortes e numerosos feridos. "Trata-se de grosseira violação aos direitos constitucionais à liberdade de expressão e de reunião", alertaram o presidente da SIP, Gustavo Mohme, e o presidente da Comissão de Liberdade de Imprensa e Informação da organização, Roberto Rock. No incidente mais recente contra a imprensa, na madrugada desta sexta-feira, a sede da Radio Nicaragua, em Manágua, foi parcialmente queimada.

http://www.sipiapa.org/notas/1212589-la-sip-repudia-represion-nicaragua-y-expresa-solidaridad