Parceria entre jornal sueco e plataforma de comparação de preços informa e ajuda leitores a comprar on-line Reprodução/INMA

Parceria entre jornal sueco e plataforma de comparação de preços informa e ajuda leitores a comprar on-line

As primeiras experiências do jornal sueco Aftonbladet com a união de seus conteúdos inspiradores de gastronomia e culinária com marcas anunciantes e um serviço de comparação de preços na internet revelam boas perspectivas de monetização para os publishers no segmento de e-commerce, além de reforçarem a relação dos veículos com seus assinantes. 

O conceito geral da iniciativa do diário segue um raciocínio lógico mesmo para a Suécia, onde as compras on-line representam apenas 2% das vendas totais. O percentual pode ser baixo, mas o crescimento é acelerado, de 20% ao ano, lembra Tomas Schultz, gerente de indústria e varejo do Schibsted Media Group, proprietário do jornal sueco.

“O fato é que a inspiração gastronômica on-line com receitas de texto e vídeos agora é mais popular do que a com livros de receitas. Isso significa que existem oportunidades para realmente vender os ingredientes da receita de maneira fácil e direta”, afirma o executivo em artigo no site da International News Media Association (INMA).  

Em parceria com a plataforma de comparação de preços Matspar.se e com uma marca líder de bens de consumo de giro rápido (FMCG na sigla em inglês), o Aftonbladet fez em julho do ano passado um teste para garantir informação relevante e atraente aos leitores e, ao mesmo tempo, ajudar os consumidores a economizar dinheiro em compras de supermercado.

“As receitas selecionadas da seção de alimentos e bebidas da Aftonbladet foram integradas à loja online da Matspar.se.”, diz Schultz. Em seguida, os leitores eram levados um conteúdo de vídeo inspirador e a uma receita de texto. “Isso deu aos consumidores uma maneira de comprar facilmente a receita completa com apenas alguns cliques, enquanto obtinham o menor preço. Esse é o poder do consumidor combinado com um ótimo serviço para nossos leitores”, afirma o executivo do Schibsted Media Group.

O teste foi feito como um Produto Minimamente Viável (MVP em inglês) e garantia de liberdade para o cliente tomar uma decisão de compra pelo preço mais baixo dos mesmos itens disponíveis em outros lugares. Os resultados dos testes mostraram uma taxa de conversão de 1,5%, um pouco abaixo das taxas médias do comércio eletrônico na Europa, mas satisfatória para um teste de MVP.

“Um dos principais obstáculos que aprendemos é que os consumidores suecos ainda não compram mantimentos online regularmente. Nós e a indústria FMCG precisamos começar a estudar como mudar esse comportamento”, afirma Schultz. “Com inspiração e possibilidades de compra fácil, os editores com conteúdo relevante podem começar a contribuir para essa mudança de comportamento”.

Leia mais em:

https://www.inma.org/blogs/innovative-advertising-solutions/post.cfm/recipe-for-success-aftonbladet-matspar-offer-easy-grocery-shopping