Knight Media Forum aponta caminhos para o fortalecimento da credibilidade da mídia Reprodução

Knight Media Forum aponta caminhos para o fortalecimento da credibilidade da mídia

O fortalecimento da confiança no jornalismo norte-americano, em meio à proliferação das notícias falsas e aos ataques à liberdade de imprensa, foi o tema central da edição deste ano do Knight Media Forum, realizado de 19 a 21 de fevereiro em Miami (EUA). No encontro, organizado pela Fundação Knight, líderes das áreas de filantropia, mídia e tecnologia voltados ao desenvolvimento das notícias e comunidades locais reconheceram o desgaste da credibilidade da imprensa neste começo de século XXI frente a tantos desafios, mas se mostraram confiantes em uma retomada. Para tanto, elencaram conceitos e tendências que podem acelerar esse processo, tais como:

- As notícias falsas não são uma falha de mercado, mas parte da essência do sistema. E assim devem ser combatidas. Além disso, os algoritmos usados para promover mentiras e ódios podem ser utilizados no sentido contrário, garantindo maior inclusão. Ao mesmo tempo, os sites noticiosos devem evitar o modelo de negócios com base em cliques que alimentam a publicidade online, o que muitas vezes leva ao sensacionalismo;

- Na luta contra as notícias falsas, é preciso investir e se preparar com a certeza que o inimigo ficará cada vez mais sofisticado;

- Os tempos são turbulentos, afetam os negócios e há redução de postos de trabalho. No entanto, existem precedentes que servem de motivação para que as atuais dificuldades sejam superadas;

- A falta de civilidade nas redes sociais é um grave problema, mas pode estar supervalorizado. Isso porque, se as iniciativas de desunião e as atitudes odiosas – parte da história da humanidade – ganharam vitalidade no meio online, as comunidades também estão mais diversas e oferecem oportunidades a um número maior de pessoas;  

- Apesar de monetização insuficiente, há casos de sucesso entre financiadores e novas empresas digitais. Esses experiências devem ser estudadas, aprimorados e replicadas. 

Leia aqui os detalhes dos caminhos na busca por mais confiança no jornalismo.