Rua que dá nome à imprensa britânica, Fleet Street fica ainda mais distante do jornalismo

Rua que dá nome à imprensa britânica, Fleet Street fica ainda mais distante do jornalismo

Antigo centro do jornalismo britânica, a tradicional Fleet Street, em Londres, está prestes a perder uma de suas últimas conexões com a imprensa. No fim deste ano, a British Association of Journalists (BAJ) fechará o escritório que mantém na icônica rua desde os anos 1990. A entidade, fundada em 1992, tem cerca de 1 mil associados e passará a contar com um escritório virtual liderado pelo secretário-geral Matthew Myatt.

A Fleet Street tornou-se sinônimo da imprensa britânica – e ainda o é – em 1500, quando a Wynkyn de Worde estabeleceu uma gráfica no local, segundo relato de Michael Holden, da Reuters. O primeiro diário rodado a partir da região foi o Daily Courant, lançado em 1702. Conhecida como a “Rua da Vergonha”, conforme Holden, a Fleet Street chegou a abrigar milhares de repórteres, editores e gráficas que trabalhavam para os maiores jornais nacionais e para as publicações internacionais e regionais.

Entre os anos 1960 e 1980, a Fleet Street permaneceu fortalecida como lar do jornalismo britânico com as presenças das empresas adquiridas pelo milionário Rupert Murdoch. “Qualquer pessoa interessada em jornalismo e jornais de massas percebe que a Fleet Street é o coração de tudo”, afirmou Murdoch quando comprou o tabloide News of the World, em 1969. No entanto, foi ele quem deu início ao declínio da região quando, em 1986, transferiu os seus títulos, incluindo os jornais Times e o Sunday Times e o tabloide Sun, para o Leste de Londres, fugindo da jurisdição dos sindicatos e, assim, impor cláusulas trabalhistas que o sindicato local não aceitava.

O escocês Sunday Post foi o último jornal a encerrar operações na Fleet Street, quando fechou o escritório que mantinha nos números 185-186.

Leia mais em:

https://www.publico.pt/2016/08/06/mundo/noticia/parem-as-rotativas-os-ultimos-dois-jornalistas-saem-da-fleet-street-1740512

http://www.pressgazette.co.uk/fleet-street-loses-another-link-with-journalism-industry-as-british-association-of-journalists-closes-its-office/

https://www.theguardian.com/media/greenslade/2016/jul/15/last-journalists-leave-fleet-street-as-sunday-post-retreats