CPJ pede segurança a jornalistas depois de macabro incidente em frente à emissora de TV no México CPJ

CPJ pede segurança a jornalistas depois de macabro incidente em frente à emissora de TV no México

Duas cabeças decapitadas de pessoas não identificadas foram encontradas em frente à sede da cadeia Televisa, de Guadalajara, em Jalisco, no México. Também foi encontrada mensagem dirigida a um juiz local e estava assinada pelo Cartel Jalisco Nueva Generación (CJNG). “Os grupos de crime organizado mexicano com frequência usam a mídia para transmitir mensagens ameaçadoras e violentas, colocando os jornalistas e trabalhadores de meios de comunicação em fogo cruzado”, lamentou Alexandra Ellerbeck, coordenadora do programa de Norte-América do Comitê para a Proteção dos Jornalista (CPJ). “As autoridades de Jalisco não devem economizar esforços para garantir a segurança dos jornalistas e devem investigar de maneira exaustiva este macabro incidente”.

Leia mais em:
https://cpj.org/es/2017/11/hallan-nevera-con-dos-cabezas-afuera-de-la-sede-de.php