Diário Catarinense vence premiação nacional com reportagem sobre suicídio entre crianças e adolescentes

Diário Catarinense vence premiação nacional com reportagem sobre suicídio entre crianças e adolescentes

Pesquisas mostram que, em casos de suicídio, nove em cada dez mortes estão relacionadas a transtornos mentais e poderiam ser evitadas com diagnóstico precoce e tratamento especializado. A partir de dados como esse, o Diário Catarinense produziu a reportagem Protagonistas da Reviravolta, anunciada nesta quinta-feira (14) como vencedora do 4º Prêmio ABP de Jornalismo na categoria Impresso.

A matéria foi publicada no DC em setembro de 2016, em meio ao movimento Setembro Amarelo, idealizado pela Associação Internacional de Prevenção do Suicídio para promover o debate sobre um assunto ainda pouco discutido. O conteúdo segue a cartilha da Associação Brasileira de Psiquiatria sobre como abordar o tema suicídio na imprensa.

Nas páginas do impresso, os leitores puderam conferir números alarmantes relacionados às tentativas de suicídio envolvendo jovens de 10 a 19 anos em SC. A reportagem identifica ainda sinais que podem servir de alerta para pais e professores, além de trazer entrevistas com especialistas no assunto.

O conteúdo foi produzido com reportagem de Karine Wenzel, fotografia de Marco Favero, edição de Cristian Weiss e diagramação de Cris Macari. Em 2016, o Diário Catarinense também venceu o Prêmio ABP de Jornalismo na categoria Online, com o especial multimídia Sobreviventes de si mesmos.

A reportagem vencedora de 2017 está disponível também na versão digital. Confira no site do DC.