Melhores iniciativas e projetos do ano recebem Prêmio RBS de Educação 2018 / Divulgação

Melhores iniciativas e projetos do ano recebem Prêmio RBS de Educação 2018

Professores, diretores e membros da comunidade escolar de todo o Estado celebraram o ensino na noite dessa quarta-feira (14), durante a cerimônia de entrega do Prêmio RBS de Educação 2018. Realizado no Museu de Arte do Rio Grande do Sul (Margs), em Porto Alegre, o evento destacou projetos que estimulam práticas de mediação e incentivo à leitura em diferentes áreas do conhecimento, como literatura, matemática, artes e ciência.

Realizada pelo Grupo RBS e pela Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho, com apoio técnico do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec), a premiação está em sua sexta edição. Também foram realizadas homenagens especiais para trabalhos que, por meio da leitura, debatam temas como meio ambiente, cidadania, gênero, raça e inclusão (acessibilidade).

A grande vencedora na categoria Escola Pública foi a professora Ana Aline Gomes Schmitt, da Escola Municipal de Ensino Fundamental Presidente Vargas, de Campo Bom. Ela criou o projeto Fake news x True news: qual o seu lado na internet?. O objetivo foi conscientizar e capacitar a comunidade escolar a identificar notícias falsas.

Já na categoria Escola Privada, o primeiro lugar ficou com a professora Maura Coradin Pandolfo, responsável pelo projeto Bem-vindo ao mundo do Pequeno Príncipe, na Escola Avaec Unidades Educacionais, de Veranópolis. A ação, que incluiu a simulação de um júri, estimulou a leitura entre alunos e familiares, além do pensamento crítico e desenvolvimento da expressão oral.

– A educação é um dos pilares fundamentais para o desenvolvimento de uma sociedade. É algo que acontece em longo prazo, precisa de uma consistência do ponto de vista da implementação diária, pois os resultados nem sempre vão surgir no curto prazo para a sociedade. Se não tivermos uma base de desenvolvimento sustentável, o futuro nunca será melhor. A RBS entende a importância da educação como pilar para a sociedade gaúcha e o Prêmio RBS de Educação é uma das iniciativas que vai ao encontro disso. Dá luz no presente para algo que é para o futuro – aponta Claudio Toigo Filho, CEO do Grupo RBS.

Escolha popular – Ao todo foram 355 trabalhos inscritos nesta edição, de várias escolas e diferentes regiões do Estado. Um júri técnico fez a primeira avaliação dos projetos. Depois, os selecionados foram submetidos a uma votação popular pela internet, que apontou os ganhadores. Os vencedores em cada categoria também receberam um prêmio de R$ 5 mil cada. Todos os finalistas tiveram seus projetos divulgados no Centro Cultural Erico Verissimo, durante a 64ª Feira do Livro de Porto Alegre.

Os vencedores

Escola Pública

1º lugar: Ana Aline Gomes Schmitt, por Fake news x True news: qual o seu lado na internet? – Escola Municipal de Ensino Fundamental Presidente Vargas (Campo Bom);

2º lugar: Carlos Diego Aliardi, por Álbum literário: a História em Fotos – Escola Estadual de Educação Básica Prudente de Morais (Osório);

3º lugar: Eliana Passarin, por Vozes que encantam e empoderam: Elza, Elis, Cecília – Escola Municipal de Ensino Médio Alfredo Aveline (Bento Gonçalves).

Escola Privada

1º lugar: Maura Coradin Pandolfo, por Bem-vindo ao mundo do Pequeno Príncipe – Avaec Unidades Educacionais (Veranópolis);

2º lugar: Caroline Ferreira Soares, por O museu na sala de aula – Colégio Marista Pio XII (Novo Hamburgo);

3º lugar: Fernanda Assis, por Árvores da minha escola – Escola de Educação Infantil São Judas Tadeu (Porto Alegre).

Homenagens especiais

- Menção Honrosa Raça: Franciele Vanzella da Silva, por Empoderando crianças negras através da literatura – Escola Municipal de Ensino Fundamental Professora Nancy Ferreira Pansera (Canoas);

Menção Honrosa Gênero: Luiz Fernando LambBalon, por Lugar de mulher é... – Escola Municipal de Ensino Fundamental Martha Wartenberg (Novo Hamburgo);

- Menção Honrosa Cidadania: Caroline Ferreira Soares, por O museu na sala de aula;

- Menção Honrosa Meio Ambiente: Fernanda Assis, por Árvores da minha escola;

- Menção Honrosa Inclusão: Luciana Ferreira Soares, por Livros nas mãos – Escola Municipal de Ensino Fundamental José Mariano Beck (Porto Alegre).

Júri Popular

Votos totais: 104.474

Vencedor(a) Júri Popular Escola Pública:  Belamar Anziliero, por Romeu e Julieta dos pampas – Colégio Estadual Dr. Liberato Salzano Vieira da Chunha, com 16.522 votos;

Vencedor(a) Júri Popular Escola Privada:  Ana Cristina Mattes, por Literatura, novelas e tecnologia na sala de aula – Colégio Marista Pio XII, com 4.693 votos.