Publishers temem que ad blocker no Chrome aumente controle do Google na publicidade digital

A possibilidade de o Google lançar em breve um bloqueador de anúncios próprio para seu navegador Chrome (utilizado por 52% dos usuários na web) foi recebido com ceticismo e receio por muitos publishers, informou o site Digiday. “Um monopólio que já não é afetado pelos ad blockers em geral, porque paga pelas listas brancas [neste caso, o Google usa os serviços Adblock Plus, da Eyeo], ganhando mais poder é assustador”, sintetiza Meagan Lopez, diretora global de negócios digitais do The New York Times. No entendimento dela, ao possuir o controle e o poder de decisão sobre a qualidade dos anúncios, a empresa de buscas norte-americana pode restringir ainda mais a autonomia dos publishers e impactar de forma negativa as já minguadas receitas dos produtores de conteúdo se comparadas ao que faturam Google e Facebook.

Na semana passada, o jornal Wall Street Journal noticiou que o Google pretende implantar, provavelmente em maio, um ad blocker nativo ao Chrome, nas versões mobile e desktop, com a capacidade de levantar um muro a anúncios não adequados às regras da Coalition for Better Ads. Participam deste grupo gigantes como Facebook, Procter & Gamble, News Corp, The Washington Post, Microsoft e GroupM, além da Associação Nacional dos Anunciantes norte-americana. Entre os anúncios que fogem às normas da coalizão estão, naturalmente, aqueles que desagradam a todos: músicas ou vídeos que rodam de forma automática, pop-ups, banners com contagem regressiva para visualizar conteúdo e janelas persistentes, entre outros.

Do ponto de vista dos interesses comerciais do Google, diversas reportagens e sites especializados relatam que a empresa sabe que não pode desagradar o público (cerca 26% dos usuários de desktop nos Estados Unidos possuem instalado algum bloqueador) e, ao mesmo tempo, quer evitar o fortalecimento do mercado de ad blockers de terceiros. Na prática, o Google não tem total controle nas operações dessas companhias, que cobram taxas dos anunciantes, assim como a própria Eyeo faz com a empresa de buscas na web.

O Google estaria estudando também a possibilidade de bloquear anúncios individuais ou todas as publicidades dentro de sites que não cumprirem o “limiar de aceitabilidade do consumidor”, relatou o Gizmodo Brasil, citando a reportagem do Wall Street Journal. Um publisher disse ao Digiday que soube, inclusive, que o Google agiria até mesmo de forma preventiva.  “Estamos esperando para ver se teremos algum anúncio inapropriado”, disse outro publisher, preferindo não se identificar.

Há, claro, implicações antitruste, não apenas nos Estados Unidos, mas na União Europeia, onde a companhia de buscas enfrenta forte reação a suas práticas comerciais que ferem princípios competitivos. O Google, escreve o Digiday, certamente não vai bloquear anúncios em sua mídia social de vídeos YouTube. Mas o que impediria a empresa de bloquear anúncios de outros por um capricho?  “Isso é assustador”, diz Meagan Lopez, do The New York Times. “Não apenas isso, mas eles pretendem bloquear sites que tenham um anúncio ruim, qual é o processo para permanecer na lista branca? Como você pode voltar a cair nas boas graças deles?” O Google, informou o Digiday, disse não se manifestar sobre rumores e especulações.

Leia mais em:

http://digiday.com/media/publishers-fear-fallout-google-backed-ad-blocker/

https://www.wsj.com/articles/google-plans-ad-blocking-feature-in-popular-chrome-browser-1492643233

http://www.businessinsider.com/google-chrome-ad-blocker-popularity-world-chart-2017-4?nr_email_referer=1&utm_source=Sailthru&utm_medium=email&utm_content=COTD&utm_campaign=Post%20Blast%20%28sai%29:%20Here%E2%80%99s%20how%20many%20people%20use%20ad%20blockers%20around%20the%20world&utm_term=Tech%20Chart%20Of%20The%20Day%20-%20Engaged%2C%20Active%2C%20Passive%2C%20Disengaged

http://www.businessinsider.com/why-google-has-to-build-its-own-adblocker-2017-4?nr_email_referer=1&utm_source=Sailthru&utm_medium=email&utm_content=TechSelect&pt=385758&ct=Sailthru_BI_Newsletters&mt=8&utm_campaign=BI%20Tech%20%28Tuesday%20Thursday%29%202017-04-20&utm_term=Tech%20Select%20-%20Engaged%2C%20Active%2C%20Passive%2C%20Disengaged