NOTA À IMPRENSA

NOTA À IMPRENSA

A Associação Nacional de Jornais (ANJ) lamenta o assassinato do jornalista Leonardo Pinheiro, morto a tiros na quarta-feira (13) em Araruama, RJ, no momento em que realizava entrevista para seu portal de notícias “A Voz Araruemense”.

O assassinato de Leonardo mostra, mais uma vez, a insegurança para a atividade jornalística no país, alimentada pela impunidade.

A ANJ espera que as autoridades policiais apurem com rapidez o crime, cheguem aos culpados e os encaminhe à Justiça, para serem punidos nos termos da lei.

A impunidade nos crimes contra jornalistas é uma afronta a toda a sociedade brasileira.


Brasília, 15 de maio de 2020.


ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE JORNAIS - ANJ