Morre o francês Jean Daniel, representante do “jornalismo inspirado”

Morre o francês Jean Daniel, representante do “jornalismo inspirado”

Principal nome do jornalismo francês durante a segunda metade do século XX, Jean Daniel Bensaïd, morreu esta semana, aos 99 anos. O lendário jornalista foi um dos fundadores da 'Nouvel Observateur', revista semanal de informações gerais de maior circulação na França. Dirigiu a publicação desde a sua criação em 1964 até 2008, quando passou a colaborar como colunista. Escritor e uma das vozes mais importantes da esquerda francesa, Jean Daniel também é considerado um dos representantes do jornalismo humanista. Segundo o historiador Pierre Nora, Jean Daniel era a “última figura do jornalismo inspirado”.

De família judia, o jornalista era o décimo primeiro filho de um fabricante de farinha de Blida, a cidade argelina onde nasceu. Começou os estudos no continente africano, mas por causa da Segunda Guerra Mundial, foi para Paris, onde se formou em filosofia. Inscrito nas Forças Francesas Livres, foi sargento-mor na divisão blindada comandada pelo general Leclerc, participando durante a Segunda Guerra Mundial nas campanhas da Normandia, Paris e Alsácia e sendo reconhecido com a Cruz da Guerra.

Por um curto período, integrou o gabinete ministerial em 1946, mas logo iniciou sua atividade jornalística, fundando a revista cultural Caliban, patrocinada por Albert Camus. Após testar o ensino, Jean Daniel decidiu dedicar-se exclusivamente ao jornalismo, sendo correspondente de imprensa de 1957 a 1962 no semanário norte-americano The New Republic. No L'Express, ele cobriu a guerra na Argélia.

Além do jornalismo

O jornalista se descrevia como um “humanista judeu, da esquerda não comunista”, informa o jornal The New York Times. “Meio século antes de o Presidente Barack Obama ordenar a restauração de todas as relações diplomáticas com Cuba, em 2014”, Jean Daniel foi a Havana, no outono de 1963, entregar uma proposta do então Presidente John F. Kennedy a Fidel Castro, relembra o diário. “Jean Daniel encarnava um tipo de jornalismo muito francês, que mescla a reportagem – estar no lugar certo no momento adequado – com a vontade de interpretar, de opinar, de interferir na notícia”, escreve Marc Bassets, no jornal El País. “O jornalista quer ser mais que isso: um escritor, um intelectual”.

Jean Daniel tinha uma boa relação com Fidel Castro e entrevistou Kennedy em outubro de 1963, como o próprio recordou no texto “Enviado não Oficial”: “O Presidente Kennedy recebeu-me na Casa Branca, a 24 de outubro, quinta-feira. A minha audiência estava marcada para as 17h30. Esperei na sala de conferências do Gabinete e, às 17h45, o Presidente, veio ter comigo. Pediu desculpas pelo atraso, e não foi apenas cortesia. Era uma forma de explicar a programação do seu tempo, que parecia muito organizado. Quando passámos pela pequena sala onde estava a sua secretária a trabalhar, tivemos um vislumbre da Sr.ª Kennedy saindo a caminho do jardim privado da Casa Branca”.

Sabe-se que um mês mais tarde, Jean Daniel encontrou-se com Fidel Castro para lhe transmitir uma mensagem de Kennedy. Tarde de mais para evitar o desembarque na Baía dos Porcos. O telefone tocou no decurso da conversa daquele dia 22 de novembro de 1963, na praia de Varadero. Kennedy tinha acabado de ser assassinado, em Dallas.

Jean Daniel também foi membro do Conselho Superior da Agência France-Presse (AFP), membro do Conselho de Administração da Grand Louvre e membro do Comitê Consultivo Nacional de Ética. Em 2004, recebeu o Prêmio Príncipe das Astúrias de Comunicação e Humanidades.

https://elpais.com/cultura/2020/02/20/actualidad/1582187634_196980.html

https://elcultural.com/muere-el-periodista-jean-daniel-fundador-de-nouvel-observateur

https://elcultural.com/camus-y-daniel-nuestra-epoca-no-responde-ni-si-ni-no

https://www.nouvelobs.com/culture/20200220.OBS25068/jean-daniel-est-mort.html

https://es.unesco.org/courier/diciembre-1995/dijo-usted-nacion-entrevista-jean-daniel

https://expresso.pt/internacional/2020-02-20-Morreu-Jean-Daniel-a-ultima-figura-do-jornalismo-inspirado

Galeria de Presidentes

Arrow
Arrow
Marcelo Rech - 2016/2020
Shadow
Slider