BuzzFeed começa a vender produtos diretamente aos consumidores The Wall Street Journal

BuzzFeed começa a vender produtos diretamente aos consumidores

O site de notícias BuzzFeed entrou em um negócio que pode se tornar comum entre os editores, desafiados a buscar receitas além dos anúncios, projeta o jornal The Wall Street Journal. Trata-se da venda direta de produtos aos consumidores. Para isso, a editora digital criou um site independente chamado BuzzFeed Shopping, que permite aos visitantes concluir compras sem ir a qualquer outro lugar, destaca o jornal norte-americano.

O BuzzFeed, assim como outros publishers, recomenda produtos há muito tempo ao seu público, obtendo uma fatia da receita quando os leitores clicam nos links de seus artigos e compram nos sites que efetuam a venda.

A mudança do BuzzFeed é em parte possível pela expansão relativamente recente da funcionalidade de checkout além das plataformas tradicionais de comércio eletrônico, para uma variedade de sites e aplicativos, disse Nilla Ali, vice-presidente sênior de comércio do BuzzFeed, citando as compras no Instagram em particular.

O site BuzzFeed Shopping, que é diferente da seção de compras na página principal do editor digital, executa transações por meio de uma parceria com uma plataforma de comércio eletrônico que conecta editores e marcas. Na prática, o BuzzFeed ganha uma comissão média de 25% nas vendas diretas, e uma parte desse montante vai para a plataforma parceira.

Leia mais em:

https://www.wsj.com/articles/buzzfeed-starts-selling-products-directly-to-consumers-11596136660