Mark Howard, da Forbes: "Estamos pensando em como desenvolvemos mais produtos para essas comunidades" Mark Howard, da Forbes: "Estamos pensando em como desenvolvemos mais produtos para essas comunidades" / Reprodução

Registros de leitores contribuem para alavancar assinaturas digitais de jornais e revistas  

Os muros de registros, em que os leitores fornecem alguns dados para acessar o conteúdo gratuito dos sites de notícias, são um recurso cada vez mais usado pelos jornais e revistas em busca de novos assinantes digitais.

Desde o início de julho, o The New York Times, por exemplo, aumentou seus testes de estratégias de registro e logon on-line. "Quando um usuário está registrado e logado, podemos nos comunicar com ele e entender suas preferências e padrões de consumo com mais eficiência do que se fossem anônimos", disse um porta-voz do jornal ao site MediaPost. O modelo de paywall d diário permite que os visitantes acessem cinco artigos gratuitamente por mês.

O The Washington Post e o TheBoston Globe também têm muros de registro. Desde outubro, a Bloomberg Media solicita aos visitantes que se cadastrem após visitaram o site mais de oito vezes em um mês.

A Hearst Newspapers, segundo o Digiday, colocou um muro de registro antes do lançamento de um paywall para seus jornais de Connecticut, reunindo 100 mil endereços de e-mail no processo. A GateHouse Media lançou um muro de registro e o adicionou nas centenas de títulos que possui. A Tribune Publishing, proprietária do Chicago Tribune, planeja experimentá-los novamente depois de um pequeno teste realizado em 2017.

Nem todo editor usa paredes de registro pelo mesmo motivo. A partir do quarto trimestre de 2019, a Forbes começará a colocar um na frente dos leitores do site, relata o Digiday. O teste foi desenvolvido para ajudar as equipes da revista a aprenderem mais sobre o que o seu público valoriza, disse Mark Howard, CRO da publicação. Mas os dados de audiência coletados daqueles que se registram ajudarão os esforços da Forbes em diversificar as receitas.

"Estamos pensando em como desenvolvemos mais produtos para essas comunidades", disse Howard. "Trata-se de alavancar dados primários, é entender a interconectividade do conteúdo que eles estão consumindo. Esta é a ponta do iceberg de produtos que não são suportados por anúncios”.

Leia mais em:

https://digiday.com/media/the-tip-of-the-iceberg-news-publishers-are-embracing-registration-walls-again/

https://www.mediapost.com/publications/article/340007/new-york-times-tests-stricter-registration-wall.html