Facebook pretende pagar uma minoria de publishers por conteúdo em nova seção de notícias Reprodução

Facebook pretende pagar uma minoria de publishers por conteúdo em nova seção de notícias

seção de notícias especializadas que o Facebook planeja lançar em breve com conteúdos jornalísticos licenciados pela rede social vai remunerar apenas uma minoria de publishers, segundo o The Wall Street Journal. A nova área incluirá links para matérias de cerca de 200 organizações, informou o jornal norte-americano, e será lançada no momento em que cresce a preocupação da população dos Estados Unidos com o controle excessivo das mídias interativas sobre as notícias.

Uma fonte disse ao jornal americano que o Facebook nunca planejou pagar toda a mídia cujo conteúdo estará vinculado a sua seção de notícias. O plano é semelhante ao aplicado ao Watch, que inclui vídeos não pagos pela rede social. Dessa forma, o Facebook deve pagar taxas de licenciamento, em no máximo US$ 3 milhões ao ano, para um quarto das organizações que participarão do lançamento.

O Facebook ainda está negociando com vários grandes publishers – entre eles Dow Jones & Co., The Washington Post, The New York Times e Business Insider. A rede social deseja que as organizações de notícias permitam acesso a todos os conteúdos para possível inclusão na nova guia, mas os publishers pressionam para permitir apenas acesso limitado.

O Facebook planeja expandir o número de editores incluídos no programa à medida que o produto se desenvolve. O feed se tornará mais personalizável e gerenciado individualmente e, eventualmente, incluirá links do projeto de notícias local do Facebook, "Today In".

A rede social destacará apenas os editores que atendem aos critérios de seu índice de páginas de notícias, que exige que os sites se concentrem em reportagens e proíbe aqueles que compartilham informações erradas e bombardeiam os leitores com publicidade. As manchetes que aparecerão na seção de notícias do Facebook serão escolhidas em alguns casos por uma equipe de editores e em outros pelo algoritmo da empresa, segundo o The Wall Street Journal.

Leia mais em:

https://www.journalism.org/2019/10/02/americans-are-wary-of-the-role-social-media-sites-play-in-delivering-the-news/

https://www.wsj.com/articles/with-facebooks-coming-news-tab-only-some-will-get-paid-11569852600

https://www.totalmedios.com/nota/39829/facebook-pagara-a-los-medios-por-noticias-pero-no-a-todos