Anunciados os homenageados neste ano com o prêmio de liberdade de imprensa do CPJ

Anunciados os homenageados neste ano com o prêmio de liberdade de imprensa do CPJ

Jornalistas de Camarões, México, Tailândia e Iêmen são os homenageados da edição deste ano do Prêmio Internacional de Liberdade de Imprensa do Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ). Ahmed Abba, Patricia Mayorga, Pravit Rojanaphruk e Afrah Nasser serão premiados, em cerimônia a ser realizada em Nova York, em 15 novembro, por seus trabalhos em busca da verdade, mesmo sofrendo ameaças (de morte, inclusive), perseguição governamental e prisão.

Neste ano, o CPJ renderá ainda tributo à jornalista Judy Woodruff, da emissora de televisão pública norte-americana Public Broadcasting Service (PBS), que receberá o primeiro Prêmio de Liberdade de Imprensa Gwen Ifill (também jornalista e escritora falecida em novembro de 2016). “Os jornalistas de o todo o mundo enfrentam crescentes ameaças e pressões”, diz Joel Simon, diretor-executivo do CPJ. “Homenageamos os mais valentes e comprometidos. Com seus exemplos, eles demonstram que o jornalismo importa”, completa.