Jornais dos EUA aceleram seus planos de transformação digital

As animadoras receitas obtidas pelo The New York Times com o incremento de assinaturas online têm motivado os demais jornais norte-americanos a acelerar suas estratégias de adaptação à era digital. O grupo Gannet, dono do jornal USA Today, por exemplo, encerrou o primeiro trimestre de 2017 com crescimento de 72,6% nas assinaturas digitais de suas publicações em relação ao mesmo período do ano passado, com a receita digital (US$ 234,7 milhões) representando 30,3% dos ingressos totais. A companhia também verificou aumento significativo (39,2%) nos ganhos com publicidade em plataformas móveis, meio que se consolida como prioritário para os diários norte-americanos.

Quem ainda não conta com uma estratégia mais elaborada de venda de conteúdo digital admite que é hora de intensificar as mudanças. É o caso da rede McClatchy, de 29 jornais, que registrou perdas de US$ 95,6 milhões nos primeiros três meses de 2017, bem acima do prejuízo de US$ 12,7 do primeiro trimestre de 2016. O CEO da empresa, Craig Forman, afirmou que a McClatchy está empenhada em “acelerar o passo e o ritmo” da transformação digital, enquanto alinha sua estrutura de custos à realidade dos negócios, relatou a revista digital Hora de Cierre, do Centro Digital da Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP).

Leia mais em:

http://www.sipiapa.org/notas/1211434-informe-diarios-eeuu-aceleran-la-transformacion-digital